Leitura

As descobertas da gravidez


Até um tempo atrás eu olhava algumas amigas que já eram mães e não entendia por que elas falavam tanto dos filhos, mas os dias correm e eis que de repente, a minha vida se dividiu entre antes e depois de ouvir um outro coraçãozinho batendo dentro de mim. Desde então me peguei descobrindo esse novo amor, tão diferente dos outros. Mais doce, mais alegre, mais diligente. Um amor que tende a consumir tudo, inclusive aqueles que eram meus assuntos favoritos.
Conforme a barriga cresce, me familiarizo com esse sentimento típico de mãe. Um amor que não só ocupa um espaço imenso, como muda tudo de lugar, inverte valores, tira você do centro da sua vida. Leva embora a cinturinha e a roupas preferidas do armário, mas também arrasta para longe a velha descrença na humanindade. Porque no momento em que me vejo cansada, lembro que dentro de mim tem uma ‘pessoinha’ se desenvolvendo e ganhando milhares de novos neurônios por minuto. Alguém que cresce em ritmo acelerado e dá cambalhotas na minha barriga enquanto eu tento lutar contra o sono. Alguém que mede só alguns centímetros, mas que já é o maior presente que eu poderia receber e dividir com quem está ao meu redor.
Dividir sim, porque uma gestação não muda só você. Muda a vida do seu marido. Muda os ares da sua casa, as perspectivas dos futuros avós, que não vêem a hora de conhecer o novo netinho. A barriga de uma grávida muitas vezes tende a ser um atestado de doçura e felicidade. Atrai amizades e gentileza. Nas férias, passeando na praia, as pessoas desconhecidas me olhavam com um sorriso doce. Um sorriso que não era para mim, era para o bebê. Porque um bebê é amor que atinge até quem nunca te viu antes.
Claro que nem tudo são flores. Tem os enjoos, os kilos extras, a azia, o chororô sem motivo e tantas outras coisas. Tem também aquelas amigas que ainda não pensam em ter filhos e ficam te achando uma chata porque, vira e mexe, você está falando da gravidez. Mas os dias vão correr e muitas delas, logo estarão como eu.  Repensando as prioridades e descobrindo um novo assunto favorito.
Daiane Catarin Demeis é redatora publicitária e está  grávida de 6 meses da Sofia, sua primeira filha.

Related Posts

3 comentários em “As descobertas da gravidez

  1. Eita Dai….e como muda nossa vida. Como te falei, claro que pra melhor.

  2. Eita Dai….e como muda nossa vida. Como te falei, claro que pra melhor.

  3. Eita Dai….e como muda nossa vida. Como te falei, claro que pra melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *